Bebês e telas: quais são os riscos dessa combinação?

Bebês e telas: quais são os riscos dessa combinação?

Não há como negar: nós vivemos em um mundo hiperconectado. É até difícil imaginar, hoje, a nossa vida sem a presença de tablets e de smartphones. Mas você já parou para pensar na influência desses dispositivos na rotina e no desenvolvimento do seu bebê?

Sim, mamãe e papai: atualmente, é extremamente necessário levantar essa discussão. Mas fiquem tranquilos! Neste texto, nós abordamos se a exposição às telas é saudável para o pequeno; como reduzir ou evitar; e como introduzir o seu filhote aos aparelhos eletrônicos de forma saudável.

Desejamos uma excelente leitura!

É saudável para o bebê se manter tanto tempo diante de uma tela?

Não. Inclusive, há pesquisas que indicam que o contato excessivo com smartphones, tablets e demais eletrônicos pode atrasar o desenvolvimento cognitivo e social da criança.

Uma dessas pesquisas foi publicada na revista JAMA Pediatrics em janeiro de 2019. O estudo acompanhou quase 2,5 mil mães e crianças com idades entre 2 e 5 anos, e foi constatado que os mais novos passaram cerca de 17 horas por semana em frente às telas. A quantidade de horas aumentou para 25 aos 3 anos, e diminuiu para 11 horas aos 5 anos, idade em que as crianças começaram a freqüentar a escola.

Embora não tenha confirmado a relação entre o atraso do desenvolvimento da criança e o uso de telas, a pesquisa sugere que o seu uso excessivo costuma ocorrer antes que o atraso seja percebido.

Como reduzir ou evitar o tempo de tela?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), as crianças menores de 2 anos não devem ser expostas às telas sem necessidade. Já as crianças que possuem entre 2 e 5 anos devem limitar o seu tempo de tela até 1 hora por dia, sob a supervisão dos pais ou responsáveis.

Independentemente da idade, o uso de telas durante as refeições não é recomendado. Em vez do tablet ou do smartphone, é importante aproveitar o momento para unir os laços familiares e fazer com que o pequeno saboreie os alimentos sem se distrair.

A exposição em até 2 horas antes de dormir também não é recomendada, porque a luz azul irradiada das telas pode prejudicar o sono.

Como usar as telas de forma saudável?

No mundo atual, é muito difícil fugir delas. Porém, existem algumas formas de tornar o seu uso mais saudável para o desenvolvimento do bebê e para a convivência entre pais e filhos. Veja só:

Filtre os conteúdos

A partir dos 2 anos, escolha bem o tipo de conteúdo que o seu pequeno irá consumir. Opte por vídeos e jogos de habilidades que estimulem a sua curiosidade e o seu aprendizado.

Aproveite para interagir

O seu bebê não precisa se isolar ao entrar em contato com a tela. Aproveite o momento para brincar com ele, propondo jogos e demais conteúdos interativos. Você também pode fazer ligações de vídeo para parentes e amigos e ajudar a criança a reconhecer essas pessoas importantes para o seu ciclo.

Cuidado ao dar o exemplo

Uma pesquisa publicada pela revista BMC Obesity revelou que houve um aumento no uso de dispositivos móveis em crianças entre 2 e 4 anos: de 39% em 2011 para 80% em 2013. 

Porém, a pesquisa também observou os hábitos dos pais, que passavam cerca de 2 horas por dia em frente às telas. 

Ou seja: as crianças imitam os pais, inclusive nesse tipo de comportamento. Por isso, preste atenção no tempo em que você passa com o seu smartphone ou tablet para evitar de o seu filho seguir o exemplo.

Considerações finais

Os dispositivos eletrônicos podem ser grandes aliados para muitas tarefas, inclusive para o aprendizado do bebê.

Porém, o excesso de telas pode atrapalhar o seu desenvolvimento. Por isso, procure limitar o tempo em que o seu pequeno passa em frente aos tablets e smartphones, e procure priorizar os momentos em família com brincadeiras e jogos lúdicos.

Se você achou que o nosso post possa ter te ajudado a entender sobre o tempo de tela do bebê, clique aqui e conheça o nosso Hospital Maternidade. 

Temos todo o conforto que você e o seu bebê merecem.

Autor: Equipe HMDL
Publicado há 3 meses

mail_outline
Inscreva-se na Newsletter do Blog do Domingos Lourenço e receba informações sobre maternidade direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...