Como ajudar o bebê a andar?

Como ajudar o bebê a andar?

Os primeiros passos do bebê são muito esperados pelas mamães e pelos papais, que se derretem só de olhar aquele pequeno serzinho se desbravando em novas aventuras e se desenvolvendo aos poucos. 

Mas será que existe uma forma de os pais ajudarem o bebê a andar e a ganhar mais confiança e independência nesse processo? Isso é o que nós respondemos neste texto, que também mostra as etapas do desenvolvimento da locomoção da criança. 

Desejamos uma excelente leitura!

Quais são as etapas do desenvolvimento da locomoção do bebê?

Geralmente, o bebê pode arriscar os seus primeiros passinhos a partir dos 10 meses, mas existe um longo processo até esse momento tão esperado. A seguir, mostraremos como ocorre o desenvolvimento da locomoção do bebê. 

0 a 6 meses

Não adianta insistir: o bebê só consegue ficar deitado até por volta dos 4 meses, quando a musculatura da perna começa a se desenvolver. A partir dessa fase, ele pode tocar os próprios calcanhares e praticar movimentos rítmicos. 

Esse é o pontapé inicial para ocorrer, também, o fortalecimento da cintura. Por conta disso, por volta dos 5 meses, a criança pode começar a sentar com o apoio dos pais. 

6 a 12 meses

A partir dos 6 meses, a musculatura das coxas começa a se fortalecer e o bebê começa a ter um maior controle da sua parte torácica e da sua bacia. Isso o torna capaz de se sentar sozinho (é aconselhável contar com o apoio de um travesseiro para facilitar o processo). 

Já a partir dos 7 meses, o pequeno começa a desenvolver o equilíbrio e pode se manter de pé na posição ereta. Para incentivar o movimento, os pais podem ajudá-lo a flexionar os joelhos para conseguir levantar e sentar. 

Tudo isso é uma preparação para o período que ocorre entre os 9 e os 12 meses, quando o bebê começa a engatinhar e a arriscar os seus primeiros passinhos – geralmente, no 10º mês. Mas não se assuste se não for o caso do seu filhote, porque alguns bebês podem começar a andar até o 18º mês

1 a 2 anos

Como algumas crianças podem começar a andar até os 18 meses de vida, esse ainda é um período de muita experimentação. Com o passar do tempo, o bebê se mostrará confiante para andar e para se manter de pé e em equilíbrio. 

A ideia é que, até os 2 anos, a criança consiga correr, subir e descer escadas com facilidade e segurança. 

2 a 3 anos

Em um contexto geral, a criança já estará caminhando e correndo de forma independente nesta faixa etária. Também é possível que ela seja capaz de saltar ou pular de um pé para o outro, como se estivesse pulando amarelinha. 

Como ajudar o bebê a andar?

Nos primeiros meses de vida, os pais podem ajudar o pequeno a desenvolver as articulações e os músculos das pernas, coxas e cintura com algumas brincadeiras; entre elas, apoiar as mãos nos pezinhos do bebê, para estimulá-lo a empurrá-las, como se ele estivesse pedalando uma bicicleta.

Quando ele já estiver apto para sentar, você pode ajudá-lo a levantar nas primeiras tentativas. Com o passar do tempo, a tendência é que ele esteja mais “craque” em realizar esse movimento; a partir de então, apoie um travesseiro ou uma almofada para que ele se sinta confiante e seguro em realizar esse movimento sozinho. 

Depois, é hora de treinar o equilíbrio e ensinar o bebê a flexionar e a dobrar os próprios joelhos. Quando ele estiver se sentindo firme para se manter ereto, é hora de arriscar alguns passinhos junto com ele. Para isso, segure as suas mãozinhas enquanto ele estiver de pé e caminhe com ele de forma lenta e suave. 

Se a criança estiver de pé apoiada no sofá ou em um móvel, coloque um brinquedo na outra ponta e o chame para que ele possa chegar até lá. Essa é uma forma de instigá-lo a dar os primeiros passos. 

E lembre-se sempre de elogiá-lo a cada tentativa. Se ele cair, não o reprima, nem brigue. Entenda que isso faz parte do processo de desenvolvimento e de amadurecimento da criança, e procure ampará-lo para que ele não sinta trauma em tentar novamente. 

Por fim, vale lembrar que o uso do andador não é recomendado, porque o acessório pode atrapalhar o desenvolvimento motor do bebê. 

Considerações finais

O bebê pode levar um pouco de tempo até dar os seus primeiros passinhos. A dica é curtir o momento sem pressa, mas estimulá-lo a andar com brincadeiras e com muito incentivo e torcida. 

Apesar de a criança poder começar a andar a partir do 10º mês, não se preocupe se o seu filhote andar antes ou depois desse tempo. Como você já viu, há casos de bebês que começam a andar até o 18º mês de vida

Mesmo assim, em caso de dúvidas, converse com o médico pediatra. A consulta também é indicada se o pequeno não conseguir sentar, engatinhar e/ou demonstrar interesse por andar até essa faixa etária. Nesse caso, o profissional poderá avaliar a criança e pedir por exames. 

Se você achou que o nosso post possa ter te ajudado a entender sobre como ajudar o bebê a andar, clique aqui e conheça o nosso Hospital Maternidade. 

Temos todo o conforto que você e o seu bebê merecem.

Autor: Equipe HMDL
Publicado há 4 semanas

mail_outline
Inscreva-se na Newsletter do Blog do Domingos Lourenço e receba informações sobre maternidade direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...