Será que estou grávida? 7 principais sintomas da fecundação

Será que estou grávida? 7 principais sintomas da fecundação

Com certeza, você já viu a cena de algum filme ou novela em que a mulher vomita de repente e descobre estar grávida algum tempo depois. Mas na realidade, os sintomas de gravidez variam muito de mulher para mulher: eles podem ir muito além das náuseas, ou podem nem dar as caras nas primeiras semanas após a fecundação.

Por isso, é importante saber os sinais que podem indicar que um bebê está a caminho. Reunimos 7 principais sintomas da fecundação, de que forma ela ocorre e como é possível confirmar a tão esperada gravidez

Desejamos uma excelente leitura!

Como ocorre a fecundação?

Ela ocorre quando o espermatozóide se introduz no óvulo. Esse encontro acontece nas Trompas de Falópio, após a expulsão de um óvulo maduro pelos ovários.

Mas a fecundação não é um processo tão simples assim. Durante uma relação sexual, o homem pode ejacular uma média de 20 milhões de espermatozoides, mas menos da metade deles conseguem encontrar o óvulo nas Trompas de Falópio e, apenas, o mais forte consegue romper a membrana que reveste o óvulo e, assim, fecundá-lo.

Após a fecundação, a junção do óvulo com o espermatozoide se transforma em um zigoto. Depois de 30 horas, ele passará por um processo de divisão celular, transformando-o em uma mórula. Passados mais 5 dias, será desenvolvido um blastocisto que deve se implantar na parede do útero, dando início ao desenvolvimento do feto. De forma geral, todo o ciclo da fecundação pode levar até 15 dias.

Conheça os 7 principais sintomas da fecundação

Se a fecundação for bem-sucedida, é possível que a mulher tenha sintomas específicos, como: 

1) Ausência da menstruação

A menstruação é uma consequência de quando o corpo feminino se prepara para a fecundação, mas ela não ocorre. Nesse caso, as paredes internas do útero se descamam, já que elas não terão a finalidade de abrigar e de nutrir um embrião naquele ciclo.

Por outro lado, se o óvulo for fecundado, o corpo terá um aumento dos níveis de progesterona e de estrogênio, fazendo com que o endométrio desenvolva um revestimento que não será expulso, mas sim que irá acolher e sustentar o embrião. 

2) Leve dor abdominal

O desenvolvimento de uma gravidez pode causar contrações e expansões no útero, causando desconforto na região. 

3) Sangramento de nidação

Esse tipo de sangramento costuma ser confundido com a menstruação, mas na realidade ele é um dos indicativos de uma gestação. 

Ele acontece por representar uma pequena descamação que o zigoto faz por conseguir se implantar no endométrio grosso, costuma ser um sangramento leve, tem duração de até 3 dias e apresenta uma coloração rosada ou amarronzada. 

4) Seios doloridos e inchados

Como o organismo ainda não está acostumado aos novos níveis hormonais causados pela fecundação, é normal que a mulher sinta os seios mais inchados e as mamas mais sensíveis ao toque. 

5) Sonolência e cansaço

O aumento dos níveis de progesterona, do hormônio Beta HCG (conhecido como o “hormônio da gravidez”) e a queda da pressão arterial, que costumam ocorrer no início da gestação, são capazes de deixar a mulher mais cansada e sonolenta. 

6) Náuseas e enjoos

A elevação do Beta HCG também é responsável pelo surgimento das náuseas e dos enjoos, que costumam ocorrer de manhã e podem aparecer a partir da segunda semana de gravidez.

7) Dor de cabeça fraca e persistente

Esse sintoma pode aparecer logo nas primeiras semanas após a fecundação, por conta do aumento dos níveis de progesterona no organismo.

Como confirmar a gravidez?

Se você sentir um ou mais desse sintomas e suspeitar que um bebê está a caminho, é possível tirar a dúvida por meio de um teste de farmácia, que detecta na urina a presença (ou a ausência) do hormônio Beta HCG. 

Existem diferentes formatos de testes de farmácia, e dois dos mais conhecidos são os testes em tirinha/fitinha e o digital, em um dispositivo com o formato de caneta. Em ambos, a mulher pode urinar em um dispositivo (como um copinho),  mergulhar o teste e aguardar alguns minutos.

Se aparecer uma listra, o teste deu negativo. Por outro lado, se aparecerem duas listras (duas escuras ou uma escura e uma clara), o teste deu positivo. Veja o exemplo abaixo:

Para confirmar a gestação, é necessário fazer um exame de sangue Beta HCG e, se der positivo, procure orientação profissional com um médico para dar início ao acompanhamento pré-natal. 

Considerações finais

Vale lembrar que o surgimento dos sintomas da fecundação não é uma regra. Na realidade, cada organismo reage de uma forma diferente. Algumas mulheres podem estar grávidas e não sentir nenhum deles, assim como outras mulheres podem não estar grávida e senti-los. 

Entretanto, é importante ressaltar que o aparecimento deles podem significar uma concepção de sucesso. 

Se você estiver tentando engravidar ou suspeita de que está grávida e tiver alguma dúvida, converse com um médico ginecologista, que irá recomendar os procedimentos necessários e adequados para o seu caso.

Se você achou que o nosso post possa ter te ajudado a entender sobre os principais sintomas da fecundação, clique aqui e conheça o nosso Hospital Maternidade. 

Temos todo o conforto que você e o seu bebê merecem.

Autor: Equipe HMDL
Publicado há 2 meses

mail_outline
Inscreva-se na Newsletter do Blog do Domingos Lourenço e receba informações sobre maternidade direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...