O que fazer para cuidar dos dentes do bebê?

O que fazer para cuidar dos dentes do bebê?

Quem não se derrete todo (a) depois de ver os primeiros dentes do bebê? Assim como as primeiras falas e os primeiros passos, esse é um momento muito aguardado e que introduz a criança a construir hábitos saudáveis de alimentação e de higienização. 

Se você ainda não sabe quando eles costumam nascer ou como cuidar dessas pequenas erupções, não tem problema. Neste texto, nós respondemos a essas dúvidas e mostramos, também, quando você deve levar o seu filhote à primeira consulta com o odontopediatra, o médico responsável por acompanhar o desenvolvimento dos dentes do bebê.  

Desejamos uma excelente leitura!

Como e quando nascem os dentes do bebê? 

Geralmente, os primeiros dentinhos nascem na parte frontal inferior da boca a partir dos 6 meses de vida. Porém, pode acontecer um pouco antes ou um pouco depois desse período, e os papais não precisam se preocupar. 

Em raras situações, pode acontecer de o primeiro dente nascer logo no primeiro mês, ou não nascer após 18 meses. Em ambos os casos, é muito importante consultar um odontopediatra para averiguar se está tudo bem com a saúde bucal do pequeno.

A seguir, vamos mostrar como e quando ocorre o desenvolvimento dos dentinhos em diferentes faixas etárias. 

De 6 a 12 meses

Os primeiros dentinhos frontais podem surgir nesse período. Eles aparecem no formato de pontinhos brancos na gengiva, e podem deixar a área mais inchada e avermelhada.

Pode ser que o corpinho sofra algumas reações ao nascimento dos dentes, como: febre, diarreia e excesso de saliva. Porém, ainda não há comprovação científica de que esses fatos estejam associados. 

Por isso, se o seu bebê apresentar uma dessas complicações durante esse período, converse com o pediatra para investigar a causa do problema. 

De 1 a 2 anos

A partir do 1º ano de vida, começam a nascer os dentinhos molares, posicionados na parte de trás da boca, que são os responsáveis por triturar os alimentos. 

Por isso, durante essa fase, é aconselhável introduzir alimentos que estimulem a mastigação da criança e, consequentemente, o desenvolvimento da arcada dentária e o melhor posicionamento da língua. 

De 2 a 3 anos

Geralmente, até os 3 anos, é esperado que a primeira dentição da criança se forme completamente. Nesse primeiro período, a sua arcada dentária terá o total de 20 dentes (10 em cima e 10 embaixo), que são conhecidos como dentes de leite.

Eles ajudam o pequeno a mastigar e, também, no desenvolvimento dos ossos do rosto. Eles podem começar a cair a partir dos 6 anos para dar “espaço” aos dentes molares permanentes.

Como cuidar da higiene bucal?

Ela pode começar antes do nascimento dos primeiros dentinhos. Segundo o Ministério da Saúde, a limpeza pode ser realizada o quanto antes para criar um hábito de higienização e remover os restos de leite e de alimentos, evitando a ocorrência de cáries que podem aparecer a partir do nascimento dos primeiros dentes. 

Nesse caso, a gengiva, a bochecha e a língua do bebê devem ser higienizadas com uma gaze ou uma fralda de algodão limpa e umedecida em água filtrada ou fervida. Essa limpeza pode ser realizada após as mamadas, logo depois que o bebê regurgitar e antes de ele dormir.

Esse tipo de limpeza pode ser realizado até o nascimento dos dentes molares. Nesse momento, o Ministério da Saúde recomenda o uso da escova de dentes, que precisa ser indicada para a idade do bebê, pequena e de cerdas macias. 

O uso do creme dental também é incentivado. A Associação Brasileira de Odontopediatria recomenda a pasta infantil fluoretada, com concentração de flúor em torno de 1100 PPM. É ideal utilizá-la em uma pequena quantidade, equivalente ao tamanho de um grão de arroz. 

Com o passar do tempo, mais precisamente após o nascimento dos dentes de leite, os pais podem incentivar a própria criança a realizar a sua higiene bucal, seguindo as mesmas recomendações acima: com uma escova de dentes apropriada para a faixa etária da criança e com o uso de creme dental fluoretado. Nesse caso, a limpeza pode ser realizada por, pelo menos, duas vezes ao dia. 

Para o seu pequeno entender a importância de escovar os dentes e criar esse hábito, você pode dar o exemplo ao escovar os seus dentes na frente dele, e incentivá-lo a fazer o mesmo. 

Quais são os cuidados com a alimentação do bebê? 

Até os 6 meses, o aleitamento materno deve ser a fonte exclusiva de nutrição do bebê. Os componentes do leite materno ajudam a fortalecer a imunidade e a arcada dentária do pequeno. 

Depois desse período, uma alimentação rica em verduras, legumes e frutas pode ajudar a criar força e resistência necessária aos dentinhos da criança. 

Por outro lado, é necessário evitar certos tipos de alimentos,que contêm açúcar, como balas, refrigerantes e achocolatados, que podem gerar doenças bucais e cáries.

Considerações finais

Agora que você já sabe tudo sobre como cuidar dos dentes do bebê, é hora de descobrir quando fazer a primeira visita ao odontopediatra.

Ele deve ser consultado após o nascimento do primeiro dentinho e será o responsável por supervisionar a arcada dentária do bebê. 

Apesar de você já ter visto neste texto algumas dicas quanto à escovação, o profissional também fornece todas as orientações e dicas relacionadas ao caso do seu filhote, inclusive quanto ao uso da mamadeira. 

Já o retorno às consultas deve ser combinado com o especialista e dependerá da saúde bucal do bebê. 

Se você achou que o nosso post possa ter te ajudado a entender sobre o nascimento dos dentes do bebê, clique aqui e conheça o nosso Hospital Maternidade. 

Temos todo o conforto que você e o seu bebê merecem.

Autor: avellarmedia
Publicado há 1 ano

mail_outline
Inscreva-se na Newsletter do Blog do Domingos Lourenço e receba informações sobre maternidade direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...